EBRE AMARELA: Secretaria alerta a população para atualizar o cartão de vacina

Com o surto de casos de febre amarela registradas na região Sudeste do Brasil, aumentou a procura pela vacina contra a doença em todas as regiões do país, em Campo Maior, distante a 84km  da capital piauiense, na região nordeste, também aumentou a procura da vacina.

 

Por ser considerado um Estado endêmico,  já é rotina manter a vacina contra febre amarela nos Posto de vacinação dos municípios piauienses.

 

O enfermeiro Jairo Brito, da Secretária de Saúde de Campo Maior, faz uma alerta à população quanto à importância da imunização, “É importante manter o cartão de vacina atualizado, e não procurar se imunizar apenas nos momentos de epidemia, como o que acontece agora com no país. Mantendo o calendário de vacinas em dias, quando houver surtos, a pessoa não precisa se preocupar”. Disse o enfermeiro.

 

Toda criança deve tomar a primeira dose da vacina com nove meses de vida, e a segunda, com 4 anos. Os adultos, devem tomar a primeira dose e após 10 anos,  deve procurar o Posto de Saúde, para tomar o reforço. Para quem vai viajar para locais de incidência da doença, a orientação do Ministério da Saúde é que a pessoa procure ser imunizada, dez a quinze dias antes de chegar ao local de destino.

 

O surto de febre amarela em 2017 no Brasil iniciou-se em janeiro no estado de Minas Gerais e confirmaram-se 137 mortes ligadas ao vírus em 80 municípios do Brasil.  Até 16 de março, o número de casos suspeitos do surto chegou a 1.558 em todo o Brasil, sendo o maior índice no estado de Minas Gerais, com 325 casos confirmados em 49 municípios e 110 óbitos.

 

Outros casos de mortes confirmadas pelo vírus ocorreram no Espírito Santo, São Paulo e Rio de Janeiro. Esse é o maior número de casos desde que começaram os registros há 37 anos, informou o Ministério da Saúde.

Endereço: Praça Luiz Miranda, 318
Telefone: (86) 3252-1451
2017 - Portal da Transparência - Todos os direitos reservados